"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

9.3.09

Coisas da vida: a calma

Quando percebi me deparei a tantas opiniões vindas de cada ocidente deste universo
meu mundo a espera de apenas uma palavra,
percebi o que eu tanto buscava estava em mim..
não preciso que digam aos meus pensamentos,
de repente olhei para o céu..
como se pudesse tentar explicar tamanha confusão de seres, que não me diziam nada..
cheguei a um momento que caminhei em direção ao sol, ali encontrei a solução..
solução descabida, mas foi o que naquele momento eu pude retirar..
descobri que a verdade não precisa ser dita em alto e bom tom..
a lei das leis
é preciso pensar, refletir, a conclusão advém de você,
fui sentenciar o certo..consegui uma palavra
que incoerência, mas sei que fiz o melhor que eu poderia ter feito,
voltar ao passado, reviver o que se foi, sigo meu caminho,
para sentir mais forte a cada superação,
quero viver o bem e sentir a força da vitória a cada nova estação,
quero sentir o sol tocar a minha pele
e saber que fui apenas eu,
com opiniões de um ser em construção, como todos em qualquer verão..
fantasiar sonhos ou apenas realidade,
seres que nos rodeiam buscam sempre um dia melhor,
discutem sobre o que devem fazer a partir do próximo segundo..
são diálogos intermináveis,
descobri que o silêncio e a postura nos fazem mais confiantes e respeitados,
do que palavras ditas ao vento, jogadas ao lixo,
pois as vezes o que é dito nem sempre é ouvido,
ai é a hora, de dizer apenas um não (palavra que encontrei na minha busca), e recomeçar tudo outra vez, do ínicio..
para que insistir no erro que já foi cometido?
a calma é um dom indescritível
e saber esperar a hora certa..
isso é fundamental
a vida tem dessas coisas..não é?
texto escrito por:Palavras em vão

Nenhum comentário: