"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

14.3.09

Papel: o Tempo

Pelas escritas sagradas encontradas em um papel, deixado pelo tempo..
mostra a razão, o por que do movimento da vida e sua fascinação
não se obtêm todas as explicações que precisamos para conferí-la,
é preciso encontrar cada vez..uma por vez..
a poesia de cada dia nos faz entender..cada atrevimento do destino..
jogados, somos embaraçados pelos costumes de um mundo surrado..farto de ilusões.
deixe-as em seu lugar, se atenha a poucas, faça com elas o que é preciso para sonhar..
guarde o pouco que ficou..lembrança que restou..
a paciência desvenda: tudo tem seu tempo certo..
é preciso ser esperto, não sofrer, por coisas que simplesmente são coisas, sem querer..
é uma marca deixada como legado para gerações..
não são necessários tradutores para desvendar as escritas deste papel..
basta ser um humano para entender cada letra sagrada..
vel da realidade, passárgada de momentos, que nos constróem..
nos modificam, nos levantam e nos fazem cair..
é a vida...e chegamos até aqui..
novo ponto de partida: um novo dia, queira seguir..mesmo que barreiras não se desfaçam em sua frente..somos sobreviventes..deste mundo..sem saber..
as escritas já diziam: Para descobrir a beleza da vida, basta ter coração, mesmo que o tempo o faça chorar..a tempestade passa e vai passar
um dia qualquer, a vida sorrirá para você..

Nenhum comentário: