"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

6.3.09

Rosto de mulher

Escrevo palavras em sonhos..
que serão deixadas após serem lidas..
não mereço um sorriso apenas..em palavras me despeço..
em versos, digo um não..
completaste um coração..
decidido a viver em um corpo que padece
por pulsar sem razão..
a segurança da vida trouxe-me até aqui..
não sabia ao certo o que encontraria..
nem o que realmente eu buscaria..
as flores do jardim já se desfalecem de seus perfumes..
é hora de partir...para um novo dizer, em palavras de sonhos
foi bom permanecer até que tudo se resolvesse..
pouco tempo eu diria, o suficiente para entender
foi tarde o que me sobrou..apenas um sorriso me contou..
o que eu precisava ouvir..espero um carta de comunicação..
quem sabe, não me dê uma noção..
deste futuro incerto, oh solidão!
capaz de fazer seguir caminhos, estradas sem direção..
a procura de outro sorriso..
outro coração..
quem sabe não faço destas palavras, canção para outros ouvidos ou não..
me responda, o que eu não consigo decifrar em apenas um olhar..
meus versos, já são poucos, só demonstram a figura que se esconde por trás..
em uma imagem qualquer..
intitulada como: Um rosto de mulher...
texto escrito por: Palavras em vão

Nenhum comentário: