"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

23.4.09

A caminhar pelas estradas da vida

Sabe andando nesta humilde cidade, sai a pensar na vida, nos momentos, nos personagens que a completam, nas árvores com seus rabiscados galhos e folhas, na água do rio que corre sem parar por entre os fins desta mesma cidade, pensando nos dias de sol que perdi, no amanhã que nunca chegará, nas conversas que ouvi e nas palavras que deixei de dizer por medo de ser feliz, quando este sentimento bate aqui dentro é a hora mais difícil, sei que outros dias virão com certeza, virar uma fortaleza, não se arrepender pelo que fez, mas pelo que deixou de fazer, muitos acontecimentos marcam nossas vidas, uns bons outros nem tanto, estava eu a caminhar e a refletir..vendo apenas o tempo passar, horas sagradas que pouco as tenho com tamanha fragilidade e sensibilidade, voar em pensamentos que eles me levem para qualquer lugar, que não seja o que estou..sabe aquele silêncio incomparável, pois é...este..uma esperança de tudo mudar, ou mesmo surgir..não sei, algo confuso de explicar.

3 comentários:

Amato disse...

O ESTADO DE CONTEMPLAÇÃO SUBLIME NOS LAVA A ALMA,DESCARREGANDO PELO CORPO TODAS AS SENSAÇÕES POSITIVAS OU NÃO!Abraço do Amato

Palavras em vão disse...

sim.

Cris disse...

também gosto de caminhar e pensar...me ajudar a ir mais devagar sei lá...

a passos largos a vida passa...ela passa, ela passa, se de amores ou sem graça, que importam os seus caminhos, ela passa...tudo passa...