"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

19.5.09

O sol poente
Despede-se lentamente
Estrelas aparecem no silêncio.

(Rodrigo Siqueira)


Trazem consigo pensamentos..
por entre labirintos infinitos

de cada vento a soprar..

os dias seguem ao seu soar..

nos meus olhos
em cada sol poente..
em cada verso da música a tocar,

é preciso seguir..

ah, este destino,

evidente!!

2 comentários:

Cris disse...

eu sou apaixonada pelo poente...e vejo que ele te faz muito bem tbém...rs

Não falei antes, mas eu adorei o azul da sua página, e esse sol no retrovisor ficou fabuloso

Um beijo

Leonsx disse...

Eu não sei que horas são, mais quem eu quero chamar
Eu acredito num sentir que eu não posso ver?
E como você sabe que direção o vento sopra?
Porque eu posso senti-la ao meu redor,
Eu estou perdido desde que escutei o som da voz.
E apenas quando eu penso que sei, lá vem você.

E você pode amar até que não haja nenhuma célula que não esteja vibrando
E eu posso gritar até o mundo ficar surdo
Para cada outra palavra não dita
Haverá um tempo para ler os sinais
E ver qual é o significado
(qual é o real significado de amar e ser amado)
De alguma forma, todos se sentem só,
E procuram, a sua cara metade, numa forma de
Questionamento para avaliar se realmente Aquela é sua outra parte, a outra face da moeda
Assim se a responsabilidade é minha então eu posso ama-la (carregá-la)
Se a alegria vier realmente ao amanhecer,
Então eu sentarei e esperarei até que o Próximo nascer do sol traga você para mim
Eu penso que a parte mais dura de esperar Alguém é deixa-la partir todos os dias
Quando nós seremos uma só canção?
Quando nos formaremos está linda nova canção