"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

7.5.09

Talvez seja amor

Gosto de ti não somente pelo que és,
mas pelo que sou quando estou contigo...
Gosto de ti não apenas pelo que consegue de ti
mesmo como também pelo que consegues de mim.
Por essa parte de mim que revelas porque
pousando os olhos sobre os meus cheios de coisas, desprezas
todas frívolas e graça que entretanto não podes deixar
de entrever e sublinhar de luz todas belas e radiantes qualidades
que ninguém mais indo bastante ao íntimo soube ver.
Gosto de ti por ignorares que sou capaz de ser insensata
e só querer saber que sou capaz de ser alguém....
Gosto de ti por fechares ouvidos às minhas dissonâncias
e aumentares a harmonia que há em mim
ouvindo-me com benevolência.
Gosto de ti porque me ajudas a amar a estrutura da minha vida
não me taverna não me censura.
Gosto de ti porque fizestes mais do que qualquer crença
seria capaz de fazer por me tornar feliz.......
Talvez seja amor.

(Glácia Daibert)

Um comentário:

Cris disse...

que lindo isso...rs