"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

12.6.09

Em frente a minha rua, encontrei o amor..


Creio que encontrei o meu amor,
aqui bem pertinho de mim.
Só basta que eu atravesse a rua..
sim eu encontrei,
aquele que me fez perder a respiração..
a pulsação se fez mais forte e mais fulgáz..
é de verdade e do seu lado nunca vou sair..
é infinita verdade, não há melodia,
nem poesia que o descreva..
acho que foi ele que me encontrou
do lado esquerdo do peito,
ou do lado direito do amor..
encontrei sim o meu amor, bem pertinho da minha casa
ele me disse é você, com toda graça
e acenou para mim
não me forçou a nada,
não houve briga
nem rancor..
não me cobrou silêncio,
nem tão pouco o seu amor,
veio de "fininho"..
devagar, bem devagarzinho
e ao mesmo tempo, muito rápido,
aqui bem pertinho, em frente a minha rua,
me olhou,
acenou com os braços e disse:
eu sou o seu amor..
e a mim
o que resta dizer?

Um comentário:

Amato disse...

As pessoas com a virtude de se apaixonar sempre tem seus corações abertos para o amor e tudo que a ele acarreta.Eu diria "Pois me faça feliz,que serei seu amor!"