"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

23.6.09


Eu vejo..
ali bem a frente uma porta fechada
na sacada
quadriculada em pisos..
nas folhas verdes que mudam de tom
a cada virada da luz solar..
um imenso som
são bons momentos que neste lugar repassam
então nesta mente que insiste em não evitar..
um retângulo de emoções dispersas,
um complexo imensurável de sensações
em livros recordam-se de ler e reler..
o alfabeto da vida a cantarolar..
será que há algum modo ou manual de instrução para a felicidade?
será que está ..
é preciso ver..
que a alma já cansa de explicar..
supera desafios
há barreiras, defesas constantes,
e ali..
se vê
uma porta
fechada para os olhos,
que buscam cada vez menos enxergar..
o que está..
o que nunca será..

Nenhum comentário: