"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

9.6.09

Pelo sim que já foi..
as vezes se acabaram,
perpetuaram para sempre..

Em cada sentido,
foram pedaços de sentimentos
alojados neste material chamado coração..
se destruindo..

Nada é infantil, apenas de valor imensurável
aos olhos de quem queira ver
nada extremo, apenas versátil
qualquer cor e de qualquer imagem, sem distinção

não conhecem os sentidos das palavras?
nem mesmo compreensão..
fazem e acontecem sem noção..
tempo,
e acham que tudo

não pode ser assim duas vezes.
eh, as vezes acabaram sim..
definitivamente..

Um comentário:

Leonsx disse...

Sejamos sinceros
Para mim de nada valem títulos, diplomas, doutorados e mestrados
Se não há o elemento primordial a maquinar todos os movimentos
Amar é muito que palavras soltas ao ar, é muito mais que sentir e calar
Vai das fronteiras e quebra sim todas as barreiras
A inteligência pode até ser medida em Q.I,
Mais aqui nessa matéria ser esperto não vale de nada
Pois no amor não cabem espertezas ou desfeitas
Amar vai além da razão e da emoção
Amar é uma conjunção entre sentir e razão
Mais sempre viver de não ( não posso, não devo. não tenho e não quero )
Como me diga pretendes tu sair da estagnação?
Não quero criticar e nem forçar mais chega uma hora mais cedo ou mais tarde
E vai vir cobrar uma decisão, um motivo ou até mesmo tão propalada razão
Não é para brigar nem alarde fazer é só tentar mostrar
A mente o que coração já está cansado de saber
O modelo mais certo da soma desses sinais todos é eu e você
Mais temos que assumir sim ainda nos falta muito a aprender

Mas tem escolhas que só mesma pode fazer por você.