"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

12.6.09

Tudo um sonho..acordei


Neste meu templo.
Contemplo o novo, o belo, o certo, o direto
o previsto e o imperfeito,
não há espaço para mudar, já é tarde
não iria adiantar falas e mais dizeres influenciadores
o que foi, passou, o que será..devo esperar
acontecer?
foi por não saber a verdade que a mentira iludiu..
foi por não ter certeza que as palavras foram em vão..
as coisas tendem a caminhar
passo a passo, corda a corda, dia e dia, hora a hora..
mais a mesma ilusão aumentou a desilusão.
a perseverança criou formas e nomes..
não há espaço para mudar..
agora já é tarde..
tudo se fechou
o céu encobriu-se de nuvens
amanhã quem sabe um sol não volte a nascer..
deixar este dia correr, sem ou a esperar..
a calma não existe mais,
o nunca perdeu o jamais, sem fala, sem gestos, sem expressão..
somos mais um na multidão em nós..
e assim a vida segue, seu destino entregue..
a cada certeza do incerto..
a cada beleza dos sonhos..
em cada motivo para ser um dia quem sabe feliz..quem saberá assim?

Um comentário:

Amato disse...

Sempre há espaço e tempo para mudanças,muitas são feitas instintivamente ,não percebemos,mas mudamos e mudamos fortemente por motivos externos também ...A ilusão é a grande amiga da desilusão ,estão sempre juntas, uma nunca vai chegar a ti sem a outra!Beijo , Amato.