"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

30.7.09

Neste caminho, o silêncio se refaz..

Na embriaguêz do silêncio..
tua forma completa e avassaladora..
embala definitivamente
senti-se e entende..
o que faz da mente..
alma e solidão..

Nos pequenos detalhes..
extrai
a formar..
teus dizeres sensíveis
se hão de mensurar..

A distância corrida
anuncia..
é hora de ancorar
neste barco da vida..

Na insana embriaguêz..
na imensidão dos sonhos..
as ilusões enganam..
o destino alado..
incompleto então..

Se o caminho é desesto..
o silêncio incerto..
já é hora de montar em seu cavalo..
e partir para outro lugar..

Mesmo que para o certo e o perfeito..
não existam defeitos..
na dimensão do ser..
ainda pairam
sobre o ar..
nuvens de algodão..

Quem sabe não serão..
mais um fato..
desta chamada emoção..

Se a visão escurecer..
a chuva esconder..
as lágrimas dirão..
o tempo que em vão..
passou sem perceber..

Nesta embriaguêz
apenas mais uma armadilha
usada para decisão.. entre
o sim ou o não..
escolha para si
a melhor definição..
cada qual faz a sua..
então siga a direção..

Um comentário:

Amato disse...

oi!Muito bom este texto,beijo...Amato.