"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

21.9.09

O silêncio, algumas vezes, atinge tão profundamente..


Algumas, não mais do que algumas vezes

o silêncio impera dentro de nós..

parece um furacão,

tomando a alma, o sossego

e o frágil coração..


precisamos somente de uma palavra neste momento

para afogar as mágoas

os desejos, as ilusões bobas

estes sentimentos sem começo, meio e fim

uma mistura de saudade e solidão..


de uma brasa para acender a luz da vida

de um suspiro, um olhar, um verso

apenas sem nexo ou direção, ou que seja com

melhor ainda


passamos a contar as horas

os minutos

a sensação de silêncio

inibe, machuca, fere,

uma palavra ao extremo som

vira um trovão..


o silêncio passa

ele vai passar..
acredite então..

Nenhum comentário: