"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

29.10.09

Momentos Apenas


Entre conversas aqui e ali, vamos construindo nossos pensamentos, memórias, sentimentos. Parece-me que cada dia é um alicerce a surgir no horizonte da nossa vida. Imaginamos perfeição, coerência, mais ao final não há, tudo ao contrário acontece. Freiamos palavras para não ferir, não magoar, mais o que há dentro de nós parece gritar, como forma de liberdade, e acabamos por não dizer o que sentimos, nos fechamos em mundos imaginários, como diz um amigo, fantasmas dos nossos olhos e mente, que parecemos viver em outra galáxia, sonhos!! Enxergamos o que as vezes consideramos contrário, incorreto eu diria, repetimos hábitos que poderiamos fazer diferente e melhores, presenciamos momentos de raiva, de rancor, onde o perdão nem parece existir. E assim passam os dias, um após o outro, um após o outro, talvez algumas vezes quisessemos mudar de país, de mundo, intenção infrutífera, mais vontade, ah como há! Mas percebemos que nos outros dias, estamos nós ali outra vez, a caminhar pelas mesmas estradas, mudando alguns rumos ou mudam por nós, mais seguimos. Pessoas passam em nossas vidas, nos acompanham, outras apenas deixam sentimentos, e já outras nem tempo dá para sentir tanto assim, mais dentro do nosso coração algo sempre há de edificar e nossos sentimentos estão ali sendo devagar e detalhados, armazenados dentro de nós.

Um comentário:

Priscila disse...

Sempre fica alguma coisa guardada, mesmo que lá no fundo!

Beijos