"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

29.11.09

Voar Infinitamente


Mesmo que desafie a lei do universo

dos versos


dos tempos


da metade dos regimentos


das primaveras


dos sempre


dos eternamente


ainda que desafie


o consentimento


o avesso


o perfeito e o certo


imediatamente normal


cotidiano horizontal


desafiaria, e ao desafiar


só para ver uma outra vertente


traçar linhas que ligariam ao infinito


que vontade

essa de poder voar


me conduza..

Um comentário: