"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

28.11.09

Sem Ar..



A nuvem que passou deixou uma brisa

Talvez eu espere para viver

Preciso saber

Por quantos passos caminhei

A minha imaginação diz o avesso desta história

Relata a perfeição

Como solucionar

Toda esta dúvida

Que atormenta, que invade

Um esperança que já esqueci

A segurança que tanto tinha para dizer

A confiança que se perdeu nos shows do mundo

Foi por medo

E querendo encontrar uma decisão..

Mais a realidade

Nesta vazão de sentimentos

Jogados ao vento, como um balde de silêncio

Me diz, por que refletir, por que negar

Talvez seja o certo

Ler, ver, assim, diferenciar, acreditar, pensar: poderia ser assim

Isso era coisa do passado

Esperar a vida inteira?

A febre que desata juntamente com a chuva

O vento sopra levemente

Docemente nublado o céu

Nada..

Nada..

Só assim os pensamentos voam

Lágrimas escorrem

Por que este tempo é..

Sem ar..

Nenhum comentário: