"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

21.12.09

A Pessoa Que Amo



Eu já embalei tudo já, no início da manhã
Eu estou pronto acho que vou me despedir
Vou levar suas palavras comigo
Para o meu novo endereço
Talvez um dia elas vão dizer algo
Algo que me faça ir de encontro a você

Mais por agora elas estão zumbido
E fazendo gostas dos meus olhos ruir
Seria um pouco mais fácil,
Mentir e fingir que não sinto tanta falta
De um tempo que eu não tenho mais
Dos carinhos que se todo mais um pouco se esvai
Que diabos está acontecendo de errado comigo

Eu podia ter ido contigo
Mais o medo, as vezes nos cega e nos impede
Mais no fundo ainda guardo a esperança
De que um dia ainda vamos nós (re)ver
Mais agora eu tenho de fazer uma casa em algum lugar
E tentar seguir o caminho da estrada do amadurecimento
Mais mesmo longe parece que
Você está por toda a cidade

E enquanto isso as pessoas perguntam
Onde está ele, se referindo a mim
E você poderá dizer
"ele foi tomar um vôo para longe,
para descobrir onde e
quem realmente eu sou(fui) para ele."
Finalmente o air plane deixa a terra,
E o tempo que levarei para eu chegar
Me faz parar pensar se poderia tentar um dia
Reconstruir tudo que fui um dia e começar de novo

O avião já está no ar alguns minutos
Enquanto isso eu vou te escrever
Uma carta, para dizer te adeus (bem vinda)
E vou fazer escrever de tudo que por tanto tempo
Esteve preso aqui nas minhas lágrimas e no meu peito
Talvez diga a você uma mentira
Que eu estou bem

Então ao chegar nesse novo lugar
Eu vou enviá-la para você e deixar que as coisas
Que não foram ditas para você por mim
E te contar tudo finalmente do tempo que passei
Te amando loucamente

E ela vai começar com o a seguintes frases:
Mas eu provavelmente deveria dizer que
Não estava certo porque eu estava correndo
Fugir era a única coisa que eu queria
Sim, eu provavelmente deveria dizer que
Não estou certo porque eu estou correndo
Só fugi porque eu te amo
E tinha medo de machucar...

Leandro Viana

2 comentários:

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Esse medo de nos machucar as evzes nos paralisa e impede de seguir adiante.
Caiu como uma luva pra mim.

Beijo =)

Leo disse...

Quando a musa se está com o poeta, tudo flui de forma natural o amor trilha seu caminho rompendo barreiras,e os trazendo cada dia mais para perto um do outro, então se belo já é imagina quando juntos os dois estiverem.