"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

30.12.09

Saudade


Caminhando por esta calçada de flores
meus pensamentos invadem as mil cores
dos reflexos a conter
o céu, na imensidão, com nuvens de algodão
e sensações a se perder de vista
pela sensível estação..

Começo a olhar o horizonte
meus olhos já se veem cansados
mais buscam não perder cada instante
deste momento mágico..

O pôr-do-sol anuncia
em plena nostalgia
a vida vai adormecer..

4 comentários:

Thomas Albuquerque disse...

doce maneira de versar a saudade...

as lembrançs são tantas, que na verdade se materializam nas folhas caidas.
lindo poema Ju...

Sobre o meu, aquela não é minha casa não..rsr...eu sou mais arrumadinho.
beijos

Feliz 2010

Juliana. disse...

Thomas,

tudo bem, eu sei que não era sua casa..rs..e obrigada por suas palavras, volte mais..
bjos e feliz 2010 p vc também!

Lídia Borges disse...

A saudade numa imagem deliciosamente transportada para o corpo das palavras.

L.B.

Juliana. disse...

Lídia,
isso mesmo que aconteceu!!
obrigada pela visita,
volte sempre!!bjos