"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

19.1.10

Faces de Um Mesmo Mundo


Pergunte a este mundo

Que segredos tão profundos

Ele esconde por trás de suas faces?

Permanece sem um dizer

Por que cada passo dado

Fica impossível ver onde o horizonte se desfaz

Como uma miragem no ar..

A natureza reagindo sem cessar..

Os olhos querem enxergar,

O que este mundo tem a nos ofertar..

Por que ainda acreditamos nas soluções

Somos meros formadores de opiniões

Estamos em busca de sonhos,

E a eles entregamos nossas forças

Nosso suor, a realidade que cantamos

Em todo sentir que almejamos

Me diz: que mundo é este? Que

Estamos auferindo problemas, por todos os cantos

Respostas ainda permanecem inertes

Por que tantos sentimentos não se misturam

Tal como água e óleo..

E em cada ser há uma visão a frente

Sem tempo para entender que há um norte/sul

Seria motivo de profundo desconhecimento interior

Ou apenas uma forma de esquecimento

de que há vida, oh Senhor!

2 comentários:

Fabiano Mayrink disse...

Oi Juliana vim aqui te fazer uma visitinha e agradecer pelas visitas tambem, um abraço apertado e a viagem ocorreu tudo bem!

Thomas Albuquerque disse...

Sempre nos questionamos sobre o mundo e suas faces, fases, mistérios e "por ques".

A vida é a resposta.

beeijos