"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

22.1.10

Livre


Meus cabelos ao vento

Minhas mãos livres

Meus braços abertos

Meus olhos a brilhar

Meus pés a caminhar

O sol a queimar

Minha pele, minha alma

Minha vida. Meu eterno amar..

2 comentários:

Priscila Rôde disse...

E que seja eterno ainda que breve..
Um beijo.

Thomas Albuquerque disse...

Doce sensação é a liberdade..desfrute-a com paixão e sentimento.

beeijos