"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

4.1.10

Re(inventar)


Andei a tempos tentando descrever-me em versos
garimpando palavras
reações, tudo que sei..
mundos, para se equipararem ao meu
tentando encontrar a equivalência necessária
ao que sou e a tudo que busco ser..

sentimentos que seriam parecidos aos meus
palavras que me descrevessem
com tamanha fidelidade
e complacência

cheguei a um instante
onde a reflexão se fez maior
e encontrei-me sem descrever
talvez apenas por refazer
todas as passagens e
todos os momentos que por mim
nutriram forças, lembranças
saudades, esperanças

e ao final, cheguei a conclusão
que sou enormemente
não pela dificuldade em descrição
mais pela grandiosidade em detalhes,
sonhos, intensidade e coração

e descrever-me só em linhas
estas seriam insuficientes
ainda tenho muito para me escrever
e me (re)inventar
sensivelmente..

6 comentários:

Thomas Albuquerque disse...

Descrever-se é uma tarefa árdua....
É necessário muita certeza para falar de si mesmo...
por isso, devemos ser sempre nós mesmos a todo o tempo.

belas palavras Ju

beeijos

Carlos Augusto Matos disse...

Sempre tentei me escrever e um dia cheguei em um ponto bem poético, mas que infelizmente, por razões do destino, talvez, eu perdi a poesia... E olha que a guardei a sete chaves, mas acho que perdi uma das chaves... Mas tudo bem... Suas palavras são harmoniosas e dá gosto de entrar neste blog...

bjuxxx

Cris França disse...

Lindo Ju!

a imagem e o template do blogs também...

reinventemo-nos então.

sempre e sempre... beijo grande!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Linda a maneira de descrever-se. Reinventar-se, reanalizar-se.

Pelo menos uma característica eu descrevo que vc possui: TALENTO.
Suas palavras são sempre um encanto.
Bjos

[ rod ] ® disse...

As palavras que definem contam tão pouco do que sentimos e somos... somos vastos no querer, ter e precisar... reinvente-se!!!!

Flavia C. disse...

Por melhores que sejamos na arte de descrever e escrever, descrever a si próprio é uma tarefa difícil. Adorei, parabéns!