"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

15.2.10

Volte - Me

Foi em apenas um instante

Que valicei no teu encontro

E levou contigo parte de mim

Mais peço-te não me deixe

Neste vazio sem uma metade também de ti..


Leve-me, mais me retorne breve

Não tenho modos para partida

Apenas faço vôos em poesias

E nelas eu descubro, por querer-te em mim


Volte-me, sem hora para despedida

Tenho que minha vida, viver

Conheço tuas forças, tuas saídas

Mais espero: venha outra vez me render


Este coração repleto em ser

Que sabe de mim e de ti

Mil palavras tenho para teus ouvidos

Escute-me, vai entender:


- Preciso apenas desta vida para lhe mostrar

o amor que guardo aqui

Destinado somente a ti (amar)


São sinceras todas as exclamações, motivadas indagações

Uma melodia para cada dia cantar

E um verso do teu nome junto ao meu,

Irá se eternizar..


Palavras em vão

5 comentários:

Thomas Albuquerque disse...

A esperança aqui demonstrada tem raizes tão profundas, que com certeza essa votla vai se concretizar.

beeeijos

Natalia Araújo disse...

Lindo demais.
A esperança prevalece e as vontades se realizarão com o poder dela.

Beijos

Carlos Augusto Matos disse...

Dê tempo ao tempo...Logo ele estará de volta...

Vanessa Souza Moraes disse...

Leve-me, mais me retorne breve

Não tenho modos para partida

(belo!)

Dani disse...

oi Ju!!!
poxa, não me arrependi de ter vindo até aqui!
lindo.. adorei!.. é como se eu tivesse lido um apelo formal no meu coração digamos assim rsrs
e essa música?? nossa, eu adoro!!
beijossss
se cuida, viu
até