"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

7.4.10

Saudade


O que é a saudade
além do querer bem..
do querer estar perto
existe para ela algo certo?

O que é a saudade
além da vontade
que te faz ver
até miragem no deserto

O que é esta bendita saudade
que mata sem piedade
uma talvez cruel vaidade?

O que é esta saudade
que aperta o peito
não tem algum jeito
de sufocá-la?

O que resta da saudade
uma verdade que
corrói a alma
a mente e o coração
ainda tens alguma razão?

Palavras em vão

16 comentários:

Ju Fuzetto disse...

A saudade chega invisível e se torna insuportável....


Um beijo
lindoooo poema Ju

Leonardo B. disse...

[é mesmo um dos poucos "animais domésticos" que não iremos nunca ter mão, essa saudade!... E ainda bem que existem as incontroláveis tempestades interiores]

um imenso abraço, Juliana

Leonardo B.

sarah disse...

O que seria de alguns sentimentos, o que seria da compreensão, do valor se não fosse a saudade.

as vezes é bom sentir saudade ,pois o reencontro seria mais bonito!
lindo texto.

parabéns flor !

Jaque Gonchoroski ઇ‍ઉ disse...

Infelizmente conseguir "matar" a saudade somente quando estamos com a pessoa querida. E nem sempre isso é possível...

Não tem remédio para a saudade. Pelo menos eu ainda não descobri.

Ah! E obrigada pelo elogio *.*
Beijos Ju!

Léo Santos disse...

Saudades é um sentimento a ser estudado pela ciência - que bobagem minha, como estudarão a saudades se ela nasce diretamente da ausência!

Um abraço!

Carlos Augusto Matos disse...

Eh saudade desgramada... Snif... Snif...

Bjuxxxx

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE SAUDADE

Saudade
Misto de dor e de felicidade,
Pós-gozo da presença que se foi...
Marca da lembrança havida,
Naquela residual e fracionária
Inda sentida...
[E a que se quer haurir de novo]
Qual se do fim é o que se resta
E é dor que do suave ao latente
É qual simples réstia pela fresta
A rememorar o coração ausente
E que neste,
Inda pulsante,
Persiste,
Latejante... latejante...

[poema inacabado a ser futuramente publicado no blog - risos]

Francisco de Sousa Vieira Filho

Priscila Rôde disse...

"A saudade nasce quando existe amor e ausência... " [Rubem Alves]


Meu beijo.

Angel disse...

Talvez seja loucura, mas gosto de sentir saudades. Claro que, é aquela com "prazo de validade", que tenha data, hora e lugar para acabar. O encontro fica tão mais intenso, tão mais gostoso...

Lindo post, Ju!

Abraços.

orvalho do ceu disse...

É, minha querida Ju
Ainda bem que fica a saudade... como companheira na ausência do amado...
Bjs

Flor disse...

ahhh saudade, vivo morrendo de saudade!
lindo, simplesmente lindo!
bjuss

ErikaH Azzevedo disse...

Saudade é o ausente mais presente que nunca...em nós.

saudade é ausencia sim mas acompanhada de amor.

Q essa tua saudade seja doce por entre os pensamentos que querem amargar...que seja ela antidoto da dor, um reviver esporádicoe nao constante m saudade é gosta qdo vem e vai, nunca qdo fica.
Bjoooooo

Erikah

Tania Girl disse...

Saudade...
Você disse maravilhas sobre ela...
amei o post!!
Tenha um bom dia Ju.
bjos

.Justlow disse...

Quem inventou a saudade hein ....

L. Rafael Nolli disse...

Gostei do post. Belo poema, Juliana.
Bjs.

LUCIMAR SIMON disse...

A saudade é algo que nao nos deixa esquecer que estamos vivos, viva a saudade e sempre vai querer viver a vida beijos