"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

8.4.10

Tu poderias me encontrar


Tu poderias me encontrar
em plena beira-mar
quem sabe ficaríamos horas a observar
as estrelas do céu e o brilho do luar

Tu poderias chegar
sem pressa de voltar
quem sabe não lhe mostraria
um pouco do que vivo a sonhar

Tu poderias me encontrar
aqui e ali
quem sabe em qualquer lugar
somente que possa ser belo
eu exijo somente o teu olhar

Quem sabe tu poderias
um dia me mostrar
a perfeição do amor
e todo o sabor de amar..

Palavras em vão

15 comentários:

Naty Araújo disse...

Eu quero me encontrar com alguém que está tão distante... acho que mostrarei esse poema pra ele.
rs.

Beijos, Ju.

Carlos Augusto Matos disse...

Muy belo o que vc escreveu, e seu namorado deve ser um afortunado pois vc escreve poemas tão lindos, que até os insenciveis se emocionariam com os seus versos... Já disse que vc deveria investir em publicar...

Vi esta foto e lembrei de como é bom ver o mar hein, faz um tempinho que não visito por aqui, pq também, é um pouquinho longinho... Mas é bom demais, aquele vento na cara, bem forte, aquele sol de rachar a cuca...Ah...........................................


Bjuxxxx linda...

LUCIMAR SIMON disse...

Outros encontros, outros momentos, colocadas em outra bandeija chamada vida, rsrs
logo a intensidade, destes nao foram quais as do outro, quantos momentos, quantas vidas, hummm vivemos, vivemos,

otimo texto adorei.

Diana Valentina disse...

adori os poemas que li aqui.
voltarei mais vezes!
=D

Costureira de estrelas. disse...

Ah, amei esse!
Vai lá pro costurando estrelas *--*
rsrs
Beijocas, Ju =*

Thomas Albuquerque disse...

Pois é..quem sabe um dia não encontre..são tantas as possibilidades da vida, que a qualquer momento as coisas podem acontecer..

beeeijos

Marcos disse...

Gostei dos seus posts, vc escreve muito bem.... adorei o "sabor do amor"... legal isso né! Apesar que nem sempre é doce!!
Valeu!

Me disse...

Delicadamente lindo!
bjokas Ju!

[ rod ] ® disse...

Quem sabe em nós as coisas permaneçam assim... querendo, prevendo e sonhando! bjs moça

Sylvia Araujo disse...

Porque não vai ao encontro? ;)

Etéreo, Ju.

Beijoca

Ju Fuzetto disse...

Que coisa mais linda esse poema!!!

Encontrar-se com o amor e amar, amar...

Bom final de semana linda!!!

beijos

Tania Girl disse...

Amei o novo visu do blog!!
Ficou lindo demais, essa paisagem é perfeita!!

Amei o post!!
bjinhos

Priscila Rôde disse...

Realize o "quem sabe".

Um beijo, Ju.

Ana Costa e Raiane Rodrigues disse...

Amei o poema, perfeito !
Parabens , muito belasas palavras.

Re Fagundes disse...

Quem sabe o amor está no ar e se esticarmos os braços ele pode nos alcançar? :D

Ju nem te conto..sempre comento o sentimentalidades, mas só hoje percebi o postado por Leo e postado por Juliana ...devo ter chamado ele de Ju um monte de vezes :o

Desculpa tá? sou lesada mezzz..rsrs

bjo enorme querida