"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

18.6.10

Eu


Sinto-me, ao olhar no horizonte,
pedaço de um todo conforme, um pouco distante
me distribuo em sentidos, razões
mais não nego as ilusões que transpiram pelo meu corpo

Faço minhas as palavras soltas
desvendo cada resquício
dos meus loucos e intermináveis dias
sou repente, de repente, inevitável
irremediavelmente

Vago pelos pensamentos
como barco, caravela a navegar em beco estreito
sou meio termo ou termo inteiro
e me faço completa mesmo em pedaços estar

Cores inundam meus momentos, entorpecem
lágrimas, sorrisos enchem de brilho meu despertar
talvez apenas quisesse ser eu
neste tímido mundo que só eu compreendo..

Palavras em vão

Um comentário:

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Neste Mundo em que navegas é tão somente a única sabedora.
Navegas estreito, mas navega perfeito.
Seu mar são suas palavras, seu oceano é seu pensar.
E as cores que lhe entorpecem, vem tão somente para sua alma iluminar.
Colorir e mostrar a ti como todos percebem, notam e gostam de seu existir.