"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

28.6.10

Lutarei - Carta Para Você


Quando te vi pela primeira vez
pedia a Deus um amor bem freguês
que me desse a sensatez
de intensamente viver

Ao meu lado se pôs a sentar
em cada espaço, e o olhar
não desviava, em embaraço,
vi o que eu merecia achar..

E naquela noite, te reencontrei
nossos sorrisos se fizeram amigos
eu não quis escapar
do laço que envolveu o admirar
e você foi ao meu encontro
mais já estava distante para se mostrar

Desde este momento
nossas vidas se encontram
com o estacionar dos veículos, é de se impressionar
a hora exata, sem balbuciar..

E de repente, não pude me segurar
chamei tua atenção
me deste a tua mão
e me pediste pra ficar ao teu lado..

Conheci a timidez que se esconde
por trás da tua verdade
agora sim, vou lutar por ti
pelo amor que nos tem a sorrir..

Palavras em vão

Lutarei por ti *

8 comentários:

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Tão certo quanto o Sol do amanhã se faz um amor desperto.

Quem almeja com verdade, conquista sem maldade.
Quem trata com carinho, jamais se verá sozinho.

Beijos!

Marcos Fabrício Araújo disse...

Em quanto houver fé, enquanto houver força, enquanto houver amor, enquanto houver 'o querer', enquanto houver reciprocidade... desistir nunca é alternativa!

abraço...

Juliana. disse...

ISSO HAMILTON..PERFEITO!
Um abraço, obrigada sempre!

Juliana. disse...

Sim, Marcos, mesmo que seja por outro alguém, que realmente mereça!

Marcos uma pergunta: qual o link do teu espaço(blog) se puder me deixar?
Um abraço, obrigada!

Marcos Fabrício Araújo disse...

Se há outro alguém, e este mereça, então vale apena tentar, vale apena correr o risco... Viver é isso, fazer escolhas, correr riscos, permitir-se, vencer o medo... mesmo que não se tenha 100% de certeza ou segurança. Manter a porta do coração aberta e deixar entrar a vida, mesmo que às vezes ela traga lágrimas triste.

Não tenho blog... não tenho esse dom lindo de traduzir em letras o que a alma sente... quem sabe um dia eu me arrisque! ; )

! Marcelo Cândido ! disse...

Essas palavras não foram em vão!

Max Oliveira disse...

E suas palavras são como cantigas a um bel amor... De suavidade dos perfumes das flores do inverno – que embelezam que destacam que caem na alma...
- simplesmente simples, mas já tão suaves... Tão românticas, quanto únicas...
E já nem sei se elas são você! Mas gosto do que sinto, quando leio tais palavras...

*E se ao lado tu serás livres em amor, caminhes juntos... Até te encontrares por inteira...

Juliana. disse...

Obrigada Max, essas palavras tem muito de mim, do que penso, sinto e vejo!
Um abraço, seja bem vindo!