"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

29.6.10

Reconhecer


Fiz do meu palco uma estréia
das minhas únicas expectativas, sonhos
do meu mundo uma arte
na força que proponho em destaque

Danço conforme a música que elevei
sou detalhe e imensidão
e nessas estradas por onde andei
deixei rastros e solidão

O sol como sempre me guiando
não é questão de me iludir
mais a cada nascer do sol
faço diferente, um novo em mim

Estou aprendendo a ser feliz
com quedas, ventos e diretriz
passo a reconhecer o que me faz bem
pois nesta vida, é o que se tem...

Palavras em vão


7 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Juju!!

que lindo!!

Vc me encanta com seus versos!!

Boa semana!!

Desculpe a ausência a correria estava me deixando maluca
beijos

Beta disse...

PERFECT!
FIKEI SEM PALAVRAS
BEIJO

Gabriela Furtado disse...

Como sempre, muito bonito!
Beijos

Juliana. disse...

Obrigada Gabriela, suas palavras são lindas tb! Um beijo

Juliana. disse...

Imagina Ju, seja sempre bem vinda!
Um beijo!

Juliana. disse...

Ah, que bom Beta, obrigada!
Um beijo carinhoso!

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Uma eterna aprendiz da vida é que nos diz.
A transformar o palco da vida em uma nova estréia a cada dia.

Perfeito como sempre Juliana.

Beijos!