"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

22.6.10

Solidão

Solidão
Teus versos me compõem
Fizeste-me tua companhia
Dia e noite, noite e dia

Tens zelado com toda a certeza
Fiz teus os meus momentos
Ainda esquecidos por ai

Solidão
Tenho passado a ti viver
Quem sabe não era eu, que estava aqui presente,
Talvez disse como disfarce
para, de mim, não se perder

Mais olho pela janela
A vida lá fora, sei o que espera
Faça tua, a hora
De me desacompanhar..

Palavras em vão

3 comentários:

Marcos Fabrício Araújo disse...

Me lembrou "Bom dia, tristeza" de Vinicius de Moraes...

"Bom dia, tristeza
Que tarde, tristeza
Você veio hoje me ver
Já estava ficando
Até meio triste
De estar tanto tempo
Longe de você

Se chegue, tristeza
Se sente comigo
Aqui, nesta mesa de bar
Beba do meu copo
Me dê o seu ombro
Que é para eu chorar
Chorar de tristeza
Tristeza de amar"

Juliana. disse...

É verdade Marcos, lembrou sim, obrigada!

Um abraço

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Perfeita poesia.
Então que a saudade faça valer a sua hora.
Pois é chegado o tempo de deixá-la no comôdo por onde avista a vida lá fora.

Assim, mesmo que pela janela.
Alcance o Mundo que lhe espera.

Beijos!