"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

30.7.10

Poesia a Ti






Entre tantos versos meus

Muitos continham traços seus
Motivos únicos entrelaçados aos sentidos
Que de alguma forma me conduziam a você

As palavras me faziam bem
Por que de ti se referiam
Desde a mais doce saudade escrita
Até a tão clamada realidade não vivida

A tua presença tão evidente
Ainda mostrava-me ausente
Meus olhos estavam cegos
Em meio a sombras e ilusões

Turbulências de sensações
Prendiam-me ao nada
Mais quando meus olhos enxergaram
Vi meus versos em certa e perfeita morada..

Palavras em vão

11 comentários:

Jacson Faller disse...

sempre carregamos algo que parece, aos outros, não nos pertencer... Um ótimo fim de semana, Jacson.

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

"Mais quando meus olhos enxergaram
Vi meus versos em certa e perfeita morada.. "

Não existe enfim melhor morada, que esta a que os versos conforta, abriga e de sentidos nos embriaga...

Perfeito Juliana.

Beijos

Juliana Doerner disse...

Cada dia que passa você me surpreende com suas palavras... Impressionante!! Como você é inspirada!

Beijos...

Silviah Carvalho disse...

Lindo Juliana, você escreve marvilhosamente bem.

Tahiana Andrade disse...

Ses poemas são sempre incríceis mas, no caso de hoje foi superado pelo presente das flores... o mais romântico! rs

Beijos

Lua disse...

Que belas.
masi um poema de emocionar!

bom findisemana
bjo ;)

ErikaH Azzevedo disse...

Tu escreves sempre o amor né Ju, a sensação que tenho é que se pudesse escrevias esses versos no corpo dele , do teu amado , pra que eles tivessem assim a morada certa, e por toda a vida. Se não podes no corpo qe ao menos seja no olhar dele , ao menos que os olhos sejam a porta de entrada ao que se deva encaminhar ao coração.

Te sinto minha linda e gosto sim de te sentir.

Bjos

Erikah

Victor Zanata (Exilados do Paraíso) disse...

Cada um que passa deixa um pouco de si, principalmente aos poetas, verdadeiros sugadores de sentimentos.
Lindas palavras.

Arnoldo Pimentel disse...

Tem um selo de presente pra você no meu blog
http://palavrasnosventos.blogspot.com

Iorgama Porcely disse...

"Entre tantos versos meus
Muitos continham traços seus "

É incrível como, com o passar do tempo, vamos percebendo o quanto aquele alguém nos completa;
Preenchendo todas as frestas que há em nossa alma.

Bom Dia Jú!

Beijos.

Arnoldo Pimentel disse...

Oi Juliana, vim desejar um feliz domingo, sua poesia é muito linda, gosto muito do jeito de escrever.