"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

13.7.10

Só Ouvir


Eu disse que te amava
Você escutou?
Palavras que da minha boca saíram
Para ti, para o meu amor

Tentei ler versos de lei
Para traduzir a repulsa pela razão
O que adiantou
Joguei o código fora, era ilusão

Passei por estradas rodeadas pelo nada
Gritei até eu mesma não me ouvir
Talvez eu precisasse jogar para fora
O que aqui dentro insistia em reprimir

Das coisas que fiz
Eu guardarei na memória, fui aprendiz
Gerei sentimentos, elaborei
E o que foi que eu quis, me diz
O que foi que me fez, melhor eu ainda sei..

Palavras em vão

2 comentários:

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Nem lei, nem código algum pode suprimir um sentimento tão belo.
As palavras vindas do coração são imunes a qualquer razão.
Se tais palavras tão importantes, quando ditas em um coração silenciadas.
Acredito que tal coração nunca esteve pronto para o amor...

Beijos!
Ah acho que ficou td diferente!! rsrs

Victor Zanata (Exilados do Paraíso) disse...

Que bela maneira de colocar os sentimentos para fora.
Mas que bom que não sabe, isso quer dizer que ainda pode ser como quiser.
Muito legal.