"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

23.8.10

Sentido Vazio


Sentir o gosto amargo das horas
Invadindo cada centímetro do ser
A tristeza que acomete sem falta
Quando se tem muito a receber

Na alma, o frio vazio do sentimento
Traz no corpo pensamentos e calafrios
De tudo que na vida não aconteceu
De tudo que na diferença se perdeu

Tristeza embala corações, saudades
Com toda vontade de um dia ser feliz
A imensidão deste mundo congelado
Sintomas de ilusões e sensações perdidas

Nessas estradas por onde iremos passar
Leva-se na bagagem grandes rabiscos
E com toda certeza, a tristeza acompanhará
Resquícios de tempos que não queremos retornar..

Palavras em vão


10 comentários:

Leonardo B. disse...

[as brisas, cá dentro, ora sopram como se fosse um tempestade de miniatura, mas depressa abrandam... sopram o que o vento deixa]

um imenso abraço, Juliana

Leonardo B.

Lídia Borges disse...

Um deambular por caminhos de desilusão e "sensações perdidas"

Um beijo

Angel disse...

Esse poema e o momento... De mãos dadas, acho eu.

Abraço, Ju!

Juliana Doerner disse...

"Resquícios de tempos que não queremos retornar"... Assim me sinto nesse momento... bjs Ju

Barbie Girl disse...

A tristeza é muito dolorida, por isso seguimos sempre em busca da felicidade!!

beijos

URBAN.GO disse...

Juliana adorei e indentifiquei-me muito principalmente com o ultimo trecho.
Obrigado por isso.
Bjs.

Penedo Junior disse...

Que lindo, vc é muito sensível! Adoro o seu blog, mais um post perfeito!
Beijos!

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
Lutar por uma vida mais feliz é fazer jus à sublimidade do nosso ser...
Tenha muita paz e vá galagando dia após dia... um dia chegamos todos "lá"...
Bjs e serenidade pra vc.

Carlos Augusto Matos disse...

Que a solidão leve tudo de ruim embora e que felicidade bata em sua porta o mais rápido possível...

Bjuxxx prima...

Gabriela Furtado disse...

Ai, que essa saudade sempre dói!
Lindo, como sempre, Ju
beijão:***