"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

8.10.10

A Paz do Amor


Quanta verdade encontrei
Na poesia discreta
 Dos seus olhos pequenos
Cor de sentimento

No momento em que seu olhar
Pôs-se ao meu,
Em fração de segundos
Pude enxergar-me no espelho teu..

Um reflexo e
Um sentido inimaginável,
Como se a distância não permanecesse
Para dois corações solitários ..

Seu olhar trouxe de volta 
A razão esquecida, 
A força p
erdida no meio do caminho 
E me apresentaste à alegria de não ser mais sozinho..

Palavras em vão

18 comentários:

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Pra quem ama a distância não existe mesmo.

E não tem nada melhor do que sentir amor novamente.

Beijos amiga!
Bom final de semana :)

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Que bonito esse poema! tem um bonito sentimento nele!
gostei!

Mikaele Tavares disse...

Que lindo!!!

Estava com saudades de passar por aqui e ver essas coisas maravilhosas transmitidas em palavras.

Beijosss

Priscila Rôde disse...

"Seu olhar trouxe de volta a razão esquecida, a força perdida no meio do caminho..."

Twittei! rs :)

DÉYA... disse...

éh... o amor nos dá paz, mas quando passa áh nos atormentar é o pior dos sentimentos vividos... ai vira uma mistura de sentimentos não justificados.. bjo flor.

urban.go disse...

JU, a ultima parte diz-me muito. Obrigado, por mais um bonito momento de inspiração.
Ler-te, é certamente conhecer-te!
Beijinho, fica bem. :)

Silviah Carvalho disse...

Belissimo, o amor passeia livremente nos seus versos.
Parabéns.

Iorgama Porcely disse...

Somente amando é que percebemos que a distância e o tempo nada significam.

Lindas palavras Ju!

Um forte abraço e um ótimo FDS.

Tahiana Andrade disse...

O amor que traz a paz é o melhor amor que tem!

Bjs

Tania T. disse...

O que um olhar não pode fazer né??

Amooo..

Beeijo

Guilherme Augusto Codignolle Souza disse...

Vc da de inicio aos convidados o melhor vinho, como toda cortesã deve fazer. Um tanto quanto enbriagado com o hidromel de seus sentimentos... Adorei o efeito de suas palavras e a fluidez com que expressas o que precisa. Conquistou um seguidor.
Suas linhas ecoaramm em memórias a respeito de distancia, e por sorte enbriagado estava pois dessa dor estou cansado...

Eu também tenho um blog, quando puder passa la e me segue também se gostar do que encontrar:

http://codignolle.blogspot.com

Meu Twitter (Se você tiver):

http://twitter.com/guicodignolle

o/

MisteriosaMente A.A.A. disse...

Que gratificante é passar por aqui e levar um pouco dessa paz.

Obrigada alma sensivel.

beijinho Ju.

Mundo do Gê disse...

Minha amiga Jú...Minha amiga que escreve feito Clarice...

Preciso tanto de um pouquinho dessa paz...Mas não tenho conseguido encontrá-la...Tá difícil de achar...
Então fico muito feliz que você tenha encontrado-a.

Aproveite e não desperdice nenhum instante que ela lhe oferte.
Abração!

Ju Fuzetto disse...

Lindo, delicado!!

beijo Juju, boa semana!

Fique com Deus

Suedivaldo disse...

Oi Juliana, Tudo bem?
Que bacana esse seu blog, muito interessante estou lendo vários poemas aqui. Esse mesmo ta incrível. Parabéns pelo Blog e pelos poemas.
Vou continua acompanhando seus poemas, pois já tou seguindo já. Segue o meu lá também, tem um trabalho bem bacana.

http://galeriadephotoos.blogspot.com/

Saudações, Abraço!

Suedivaldo

Arnoldo Pimentel disse...

Tem selos de presente pra você no meu blog
http://ventosnaprimavera.blogspot.com
na postagem EU E O IPÊ, passe lá e pegue, beijos.

ErikaH Azzevedo disse...

Umolhar que transborda amor. E os olhos sempre são nossos, mas o olhar , esse é daquele que a gente ama.
Que todos os olhares sejam assim,eterna companhia...plena fonte de vida.

Bjos linda.

Erikah

Lídia Borges disse...

Encontrar alguém, espelho nosso, para partilhar emoções e sentimentos é um momento que merece poesia, sim!


Um beijo