"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

31.10.10

Pra Sempre


Te amar é como escolher todo o destino
Decidir entre a escuridão e a luz, acertar o caminho
Te amar é como permitir-se admirar cada detalhe
Como se unicamente fosse perfeita a nossa verdade

Te amar é como seguir em frente sorrindo
Perceber como o amanhecer com você é lindo
Te amar é simplesmente algo inexplicável
Por amor me entrego e de te amar me refaço

Te amar é como encontrar a paz e a serenidade
Nos olhos perceber a nítida e sensata coragem
E assim, enfrentar os medos com pés no chão
Sabendo que viver é muito mais que só ilusão

Te amar é consentir enxergar a calma, a fé, a alma
Como se no deserto contivesse toda a necessária água
Te amar é como se fosse preciso vencer a cada segundo
Tornando o nosso amor dia a dia mais profundo..

Palavras em vão

11 comentários:

DÉYA... disse...

hummm.. ah dias não via algo tão bonito....
alegrou minha tarde...
um beijo moça..

Priscila Rôde disse...

É como viver um novo amor a cada dia...


Lindo!

Beta disse...

Amar e ser amado é uma escolha que nem todos fazem infelizmente
Lindo seu post , flor

Beijo

Arnoldo Pimentel disse...

Muito bonito seu poema, sempre encontramos lindos poemas em seu espaço, parabéns e tudo de bom pra você,beijos.

Silviah Carvalho disse...

Muito bonito Juliana, amar é isso mesmo, um viver cheio de descobertas lindas.
bjs.

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Oi minha linda! Amei esse texto...
"Te amar é consentir enxergar a calma, a fé, a alma"

Perfeito!

Beijos

Tania T. disse...

E quanto mais profundo... melhor e mais bonito!!!


*-*

Adoreeei o post!!!

Bjokinhas =*

Iorgama Porcely disse...

*.*

Sem palavras.
Lindo lindo lindo.
Amei a profundidade dessas palavras.

:)

Mundo do Gê disse...

Jú! já disse mas repito... Sinto em suas palavras o gosto inquietante e sutil, em contra ponto à profundidade introspectiva que vejo em Clarice...

Te amar é como se fosse preciso vencer a cada segundo
Tornando o nosso amor dia a dia mais profundo...

São tantas coisas faladas nas entrelinhas, sentidas...
Meu amor é assim, é uma luta entre idas e vindas, onde é preciso lutar pra vencer cada segundo, pra poder desfrutar cada amanhecer, como se ele fosse o último, e cada noite como se fosse a primeira...
E cada vez que nos perdemos, esse amor fica mais profundo, cresce fica do tamanho do mundo...E depois se perde, tempos depois se reencontra, e assim vai girando como o mundo...

Abração e sempre encantado com sua forma de sentir e expor isso!

Lua disse...

E amar é o sentimento maior que alguem pode sentir!

bom feriado querida,
bj ;)

Jessonalva FIGUEIRÔA disse...

Olá Juliana,

Sou sua mais nova seguidora, gosto do seu blog e voltarei sempre para visitá-la. Beijo.