"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

2.10.10

Verdades do Coração


Sou vento forte, plena escuridão
Verso solto jogado a imensidão
Sou poesia em noite triste e fria
No sofrer me faço luz, intenso clarão

Reflito os sentidos com a liberdade
E com asas coloco-me a voar
Pelo horizonte da minha janela
Quando a lua se põe a iluminar

Sou certezas jorradas em palavras
Contradição em deserta vastidão
Desenho, rabisco meu nome na estrada
Pelo caminho que sigo, sou coração

Refaço minhas centenas de visões
Deleito-me em sonhos distantes
E quando esta vida se torna vazia
Transformo horas, invento outros novos dias..

Palavras em vão

12 comentários:

Tahiana Andrade disse...

Certezas jorradas em palavras... perfeito!

Beijos

Tania T. disse...

Lindas palavras..

Tenha um maravilhoso final de semana!!

Beeijo

Leonardo B. disse...

[de universo em universo, de caminho em caminho, alteram-se as rotas dos dias, nem que seja por uma palavra só...]

um imenso abraço, Juliana

Leonardo B.

Ana Lucia Franco disse...

Ju, linda a força de transformar o vazio, inventar horas, se fazer luz em noite triste e fria. Não é feio ser forte, é lindo..

bjs.

Arnoldo Pimentel disse...

Linda e solitária sua poesia, parabéns e feliz fim de semana, beijos.

Iorgama Porcely disse...

Lindo poema...
"E quando esta vida se torna vazia transformo horas, invento outros novos dias..."
Captei a mensagem... Espero que não consiga esquecer jamais. :p
Abraços;

Estrela disse...

Jú,
Lindo poema...levou-me aos suspiros mais profundos de minha alma.
Vim aqui lhe agradecer por tudo, pela amizade, pela companhia no blog, pelos conselhos no MSN (sei que ando sumida de lá), pelos lindos comentários no Orkut, enfim por vc existir e de alguma forma fazer parte da minha vida.
Que os anjos de DEUS lhe traga sempre muitas felicidades pq vc merece todas.
Beijos no coração (*_*)
Linda semana p/ ti.

Carlos Augusto Matos disse...

Esse poema veio do fundo d'alma... Lindo...

Mundo do Gê disse...

Jú!

Tenho medo das verdades do coração...TEnho medo quando ele grita, pra me fazer ouvir o que já sei, e que tento negar...E ele enlouquecidamente se põe à pulsar e gritar, todas essas verdades, que quero, mas não posso negar!

Boa semana!
Abraço!

MisteriosaMente A.A.A. disse...

Nada como abrir asas e voar seguindo as verdades do nosso coração...


beijinhos alma sensivel.

A.A.A.

so sad disse...

palavras nunca são em vão, elas permancem no ar...um dia alguem as ouvirá!
beijos

Cris França disse...

sou um grande desencontro que se perdeu quando encontrou o amor. bjs querida