"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

18.11.10

Doce

Menina

Tão amável e gentil
Seus olhos colorem a face
De sorriso juvenil

Menina
Com toda a certeza
Tens uma terna beleza
De onde nunca se viu

Menina de jeito suave
Sentido doce
Que invade
Já sabe o que quer

Menina de tão menina
Tens tudo guardado no coração
E em cada tua imensidão
Brota uma perfeita mulher..

Palavras em vão

5 comentários:

Maíra disse...

Olá Juliana! Achei seu blog liindo, encantador. Estou te seguindo. Dá uma passadinha no meu http://mairacintra.blogspot.com/ espero que goste!
Bjo

Silviah Carvalho disse...

Lindo poema Ju, obrigada pela visita e comentário, sempre muito gentil.

Iorgama Porcely disse...

Açucarado, complexo, doce.
Suas palavras me encantam sempre.

URBAN.GO disse...

Menina ... com toda a certeza, tens uma eterna beleza de pensamentos ... como nunca se viu!
Beijinhos.

Ricardo Maciel disse...

Muito bom! =D
Eu uma vez escrevi sobre meninos que estão aprendendo a amar.
http://meuladohumano.blogspot.com/2010/07/meninos-nao-sabem-amar.html