"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

3.1.11

Devasta-me


Devasta-me com o teu olhar
Como se a espera fosse acabar
Como se o amanhã, eternidade
Juntos estaremos, sem hesitar

Mostre-me todos os sonhos
Mesmo aqueles ditos impossíveis
Devasta-me por inteira
Com o teu leve e intenso sorriso

Encanta-me com a canção mais doce
Dance comigo em plena luz do luar
Enfeitiça-me 
Com o teu abraço quente de amar

Conte-me loucas histórias e também realidades
No teu colo estarei, sem brevidade
E em seguida 
Devasta-me sem demora, sem hora de partida..

Palavras em vão

7 comentários:

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Sonhos impossíveis, luz do luar... Ai amga isso é muito bom quando temos um amor!

Um ótimo ano pra nós querida!
Beijos

Ivson disse...

Póis é Juliana, como sempre inspirada hein ! linda poesia. Um Abraço pra você.

Carlos Augusto Matos disse...

Que este devastador seja um ponto positivo no cume do seu coração minha prima linda...

Bjuxxxxxxxxxxxxx

Beta disse...

ler vc acalma a alma
beijo

Tania T. disse...

Já disse que sou apaixonada pelo amor?? Pra mim é a coisa mais linda que Deus já criou.. só é uma pena que as pessoas o banalizem tanto.. =/

Exatamente por ser apaixonada pelo amor é que adoro visitar os seus blogs.. sempre suspiro com suas palavras.. e ainda por cima, me faz acreditar que ainda vale a pena acreditar no amor verdadeiro!!

Adorei o post!!

BjoO

Subentendidos do Mundo disse...

Seu amor me arrebata e eu me perco sempre me achando aí sou completo em cada detalhe que vc preenche no meu coração!
te amar é a chave da minha vida

Nilson Barcelli disse...

Magnífico poema.
Gostei imenso das tuas palavras.
Beijos, querida amiga Juliana.