"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

30.1.11

Sensibilidades


Gosto da sensibilidade dos dias
Da forma como eles começam
E de como eles encerram para a noite chegar
Da magia que evidenciam ao amanhecer
Das gotas de orvalho
Molhando o leve manto da terra
E o cheiro de chuva a cair pelo chão
As gotas como raios transcendem a exatidão
Dando forma e poder a tal visão
O dia é repleto de sensações únicas
A cada um demonstra o que deve ser guardado ou não
Horizontes, canções, versos, diálogos
Quantas vezes fosse preciso o tempo parar
Ou talvez por instantes voltar
Mais mesmo assim me inspiro nos dias
Na forma sincera como acontece, a impressionabilidade
Do nascer ao por do sol..
Da beleza e da incansável luta pela vida..

Palavras em vão

4 comentários:

Lua disse...

eu tbgosto!

boa semana ju,
beijo ;)

Iorgama Porcely disse...

Principalmente das sensibilidades das manhãs que com um lindo nascer do sol nos dão oportunidades para recomeçar e nos fortalece para as batalhas cotidianas.

Beijos
:**

Subentendidos do Mundo disse...

Texto maravilhoso meu amor
sensível como a autora

Te amo

Déya disse...

É. Sensibilidade não lhe falta minha querida isto é notável...

beiJO e uma tarde bonita pra vc...