"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

24.2.11

Gestos - Palavras - Sentido


Gosto da intensidade, do tempo agora
Que passa ligeiro pela praça
De olhar as estrelas
Contá-las, pedir certezas

Imaginar a distância
A beleza, a candura
Sentir firme e segura

Gosto do horizonte
Do longínquo e de estar
De sentir, das rosas e
Dos seus perfumes

Gosto de abraços afagos
De laços apertados de amor
De palavras e gestos certeiros
Do gosto leve e envolvente sabor..

Gostar é tão simples
De tão perfeito que se viu
Nem podia crer
Que gostar é tão belo querer..

Palavras em vão

2 comentários:

URBAN.GO disse...

É sobretudo tão belo o querer.
Lindo como sempre Juliana, que bom é apreciar a tua inspiração.
Bjs.

Beta disse...

Juuuh
Que saudade daki ... de VC !
Que belo é teu kerer ... q doce são teus escritos

Desculpe a ausencia , a facul ta me tomando tempo


Beijoooooooooooooooo