"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

10.2.11

O Dom das Minhas Asas


A dimensão da minha verdade
Extrapola os limites de qualquer dor
Vai de encontro ao encabulável,
Sai do espaço da plenitude
E se deleita ao inexplicável,
Ao bonito,

Ao céu, às estrelas
Como se o dom das minhas asas
Fosse voar ao infinito dos sonhos
E por lá permanecer, crescendo sutilezas
E entorpecendo a realidade dos meus sóis
Sem tempo e sem hora

Que jamais se acabará 
Perante os meus olhos nada seria tão belo
Quanto acreditar nas possibilidades de mais raios de luz
E perfumes navegariam pelo ar do meu corpo
Conduzindo-me aos seus braços eternos em laços de amor..

Palavras em vão

2 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Ju!!

tudo sempre tão encantado por aqui. beijos bom findi

Marlene disse...

Juliana aqui se repira encantamento
perfuma de flores,saudade de amores,
teus versos teus poemas,são como aves ou passaros coloridos enfeitando jardins orvalhados pela noite,
recebameu carinho,e admiração por seu trabalho tão lindo bjs

marlene