"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

8.3.11

Tropeços - Poesia Fora da Folia


De repente um escorregão
Passos desequilibrados
Tudo em fração de segundos
Esmorece ao chão

O piso escorregadio
As escadas sem corrimão
Os degraus volumosos
E não há como esperar

Escapar da cena
É como estar na contramão
Sentimento intenso
Mera distração ou não?

E o levantar é quase instantâneo
Tira-se a poeira do joelho
Ergue-se o rosto
E segue firme, frente ao certo desejo!

Palavras em vão

2 comentários:

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Seguir em frente sempre amiga!

E é verdade, aniversario no mesmo dia xD que legal!

Beijoo

Talita disse...

viva cada dia...

lindo e intenso, como tudo que escreve, bjss