"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

25.4.11

Ao toque do Amor


Minha alma leve
Busca pelo teu corpo sedento
De carinho e por saudade
Louca para se entregar

Para se fazer tua
Toda nua de medos
E de prazer sereno
Com sede deste querer

Desperta para os sonhos
E fantasias de amor
O meu e o teu calor
Nocivos e feitos um para o outro

Como a lua e o sol
A noite e o dia
Nossas forças se entrelaçarão
Seremos febre e poesia..

Palavras em vão

7 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Se teu corpo nu.vem
Não há quem rejeite
A possibilidade do vôo...

Anita disse...

Nossa que lindo!

Como foi a páscoa? Muito chocolate? hehe
Eu vou na carona das minhas filhas, né?! Ajudo a comer rsrsrs

Obrigada pelo recadinho, pelo carinho... por indicar o blog. Muito Obrigada guria.

Bjuss bjusss

Subentendidos do Mundo disse...

que as nossas almas estejam entrelaçadas e os nosso corpos tenha uma sintonia perfeita em amor e verdade
amo demais vc meu amor

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo seu poema. É sempre muito bom passear em seus versos, beijos.

Rafael Castellar das Neves disse...

Ah Ju...vc fala muito bem do amor..e com uma constância muito bonita!!

Ótimo texto..

[]s

Thomas Albuquerque disse...

Ju..
Tem selo pra você no meu blog
beeijo

Folhas que cairam disse...

Liindo...

Sempre muiito bom viim akii
Beiijo *----*