"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

2.4.11

Mentira?



As pessoas diziam ser mentira
A verdade que aqui dentro continha
Era como um sol quente brilhando
Uma emoção totalmente diferente

Todos afirmavam ser uma dita loucura
Quem poderia dizer do que havia?
Desprenderam de sorrir, de crer
Não podiam nem mesmo entender

Era algo que inundava o meu ser
Em constantes e rápidas pulsações
Uma certa pura doçura
Que navegava pelo meu viver

Uma atração, uma sensata invasão
De querer estar perto daquela sensação
Desta loucura o teu nome era amor
Repleto de sabor..

Palavras em vão

3 comentários:

URBAN.GO disse...

Juliana, Juliana ...
Mais um lindo poema, mais um momento para te agradecer ... OBRIGADO!

Talita disse...

Como é gostoso ler suas palavras e sentir esse amor enorme que transborna em cada sílaba de seus poemas.

bjs

Neide Mahomed disse...

Ju, as tuas palavras sao sempre tao lindas!