"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

6.4.11

Sou da Temperatura do Teu Corpo


Faço-me conforme o meu tempo
Sou exagero em sentimentos,
Me arrisco e sigo em frente sem esmorecer
Sou como você me vê..

Entrego-me às minhas vontades
Como se o dia fosse o último do mês
Do ano..
Ou quem saberá talvez?

Sou verão, calor, nada de carnaval
Posso ser fases, mais quem não é?
Mais de um fato eu acerto sempre
Sou a temperatura ideal para você..

Encaixo-me perfeitamente no teu abraço
Sou fogo, laço e também me enlaço
Chama que não se apaga
Brilho que não se esquece..

Palavras em vão

2 comentários:

Maíra disse...

lindo lindo! Sem palavras..

Lua disse...

Intensa as plavras!

beijo JU :)