"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

3.5.11

Encontro


Encontre-me lá pelas seis
No mesmo banco e na mesma praça
Não suporto a saudade que dá
O tempo frio..

A chama que nos envolverá
Aquecerá o nosso mundo inteiro
Não demore a chegar
Um beijo preciso lhe dar

Tenho pressa
Por você minha alma desperta
Todos os sentimentos
Que se possa imaginar

Venha com teu melhor sentir
E ao chegar, beije os meus lábios com fervor
O nosso amor desintegrará todo o frio
Trazendo muito calor..

Palavras em vão

4 comentários:

Vanessa Souza Moraes disse...

saudade dá frio.
bom.

Subentendidos do Mundo disse...

meu amor que saudade sempre da quando chega á tarde e e lembro do nosso banco nossa praça tudo q ue há pra nos te amo

Leonard M. Capibaribe disse...

Palavras ao vento frio... Congela antes de chegar... Linda sua poesia... Muito bom mesmo! Adorei!

VELOSO disse...

Juliana tudo de bom sempre e em tudo menina.