"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

16.5.11

Poema Com o Seu Cheiro

 


Doce como seus olhos de mel
Forte como sua presença em mim
Sincero como teu jeito de sentir..
Esse poema traduz um pouco de ti..

O seu sorriso pavimenta o meu olhar
Como uma flecha de cor sem disfarçar
As lágrimas também lhe cercam
Mostrando um homem capaz de amar

Teu instinto conservador, discreto
Encobrem com todo o sabor a sua vida
Canções, vozes a inebriar
Seu jeito moleque de dançar..

Têm palavras como doçuras
Gosta e cria travessuras
É sensato, galanteador, romântico
Sabe traduzir em gestos o seu encanto..

Poeta das horas vagas
Homem gentil e apaixonante
Com um nome de trás para frente
Faz completas as suas consoantes..

Palavras em vão


4 comentários:

Subentendidos do Mundo disse...

meu amor
que lindo esse poema
esse homem que vc fala no seu poema traz consigo um coração cheio de insiguinias e teu amor me inspira a ser sempre assim
Amo vc meu amor

Mundo do Gê disse...

Jú!
Acho que esse poema, foi feito tendo uma grande inspiração!
Felicidades no seu coração...
Gê!

Renata Fagundes disse...

ahhh esse amor que faz a gente suspirar de encantamento.

lindoooo Ju

beijo grande

Meriellen disse...

Parabéns pelo blog... apareça no meu... meriellen-meumundinho.blogspot.com
bjo