"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

9.5.11

Que Assim Seja


Reconheça-me como eu me reconheço
Dorme no meu olhar para o meu apego
Fortalece o teu querer no meu estar..
Seja meu, serei tua, que assim seja

Veja, decifre o que o meu olhar diz
Não é pedir muito, simples me distrair
Conduza-me quando a música tocar
Junte os versos com os seus pra entoar

Desenhe o teu nome com o meu bonito
Brinque com a alegria exagerada
Faça porta retratos da alma
Como se descrevesse em exato a falta

Traga a saudade para fora, jogue-a para o alto
Embaralhe os meus sonhos, me tire a calma
Não que eu queira o desassossego natural
Mais estando contigo, não preciso de mais nada..

Palavras em vão


Um comentário:

Mikaele Tavares disse...

Enfim, me cative!

Adorei