"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

4.7.11

Me Refaço!



As vezes paro e observo
O vento da vida parece me levar, leve
Insisto em ouvir os sons agudos da estação
Mais não me entrego, me julgo

Refaço meus pensamentos
Ao mais profundo do meu ser
Como se uma vazão ousasse me querer
Fria, embora fria

Não sou de tão aço, nem de aspereza
Com o que traz a frieza
Sou intensa, intensamente mais, sensata
Não me procure quando me achar

Por favor, eu preciso entender
O que traz a certeza do meu interior
Em devaneios e quimeras
Mais me refaço sempre como calor, linda!

Palavras em vão

Um comentário:

"(H²K) 久保 - Hamilton H. Kubo" disse...

Se refaz em constante, no seu poetizar constante!

Beijos