"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

17.7.11

Construção do Ser


Onde teus pés pisam?
O que aflige seu coração?
O que te faz perder o sono?
O que não tens na mão?

Algo que te faz ser melhor?
Ou que te impulsiona?
O que te faz aprender, o certo?
Ou o errado acondiciona?

O que te faz sonhar sem fechar os olhos?
O que te alegra, a surpresa ou a chegada?
O que lhe traz a vida? O que faz suspirar?
O que queres do amor, a eternidade vivida?

O que faz chorar, a hora da partida?
O que te faz crer bem mais do que ter?
O que não te decepciona ou te passa sem perceber?
O que te faz ser assim, você sabe me dizer?

Palavras em vão

5 comentários:

Subentendidos do Mundo disse...

poesia menorável meu amor vc é genial em suas palavras
te amo

Ana Cristina disse...

Lindo!
O dia que tivermos esta resposta... vai perder toda a graça.

Bjussss

Pastelaria disse...

Olá Juliana


Gostaríamos muito que desse uma vista de olhos no projecto DVB, de saber a sua opinião, e qual o interesse em desenvolver o seu trabalho neste novo formato.

www.pastelariaestudios.blogspot.com

\"Transformamos\" os seus trabalhos (já editados em livro, ou não ...), num DVB- Digital Video Book, uma ideia original da Pastelaria Studios Productions

Sem compromisso, escolha um dos seus poemas ou textos … e nós realizamos uma pequena amostra do nosso trabalho, é um presente nosso …para si …. :)

Um grande abraço desde aqui

Teresa Maria Queiroz

Ricardo Calmon disse...

EM POESIA TUA,SOPRAS E SUSSURRAS VIDA
TU ÉS ESCRIBA
ESCREVER A ALMA VIVA LAVA E CRESCER FAZ
ESCREVA SEMPE
VIVA A VIDA

Déya disse...

Linda como sempre.
beijo querida minha ...