"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

26.7.11

O Olhar e A Imprevisão


Tantos caminhos e tantos passos
Na verdade criamos laços
Que se embaraçam nos fatos
Alguns tomam falsa direção

As palavras reescrevem a história
Dos eternos descompassos
E cada hora é hora
De marcar o certo, não há demora

O olhar avisa as sensações
Não se pode extrapolar as visões
E ao fato esculpir
Com cuidado para não se punir

A imprevisão é um abismo
Que desdobra sem esperar
Esnoba a verdade e a essência
Para o sentimento incentivar..

"Com o amor aprendi..."

Palavras em vão

4 comentários:

"(H²K) 久保 - Hamilton H. Kubo" disse...

Nossa... escrevi e perdi tudo!! Ah que mancada do Blogger!!

Disse que suas palavras são muito profundas.
Que o inesperado, sempre espera por acontecer, e vezes chega para nos surpreender, vezes para algo sucumbir. Mas que o que importa é que mesmo em sua presença, se estivermos ao lado do amor, sempre aprenderemos e com ele cresceremos!!

Disse também que escrevi sobre o que aprendi, e sobre o amor em profundo amar!!

Beijos

Arnoldo Pimentel disse...

Sempre aprendemos nos abismos. Lindo e profundo seu poema, beijos.Uma linda semana pra você.

Mundo do Gê disse...

Em cada trecho uma explosão de sentir...

O olhar avisa as sensações
Não se pode extrapolar as visões
E ao fato esculpir
Com cuidado para não se punir


Será que esculpimos os fatos, ou são eles é que esculpem nossas ações?!Lindamente inquietante, introspectivo, Clariciante!

Jú...Você tem esse dom na escrita de levar-nos ao fundo, de fazer fervilhar os questionamentos...
Deve ser coisa de escritora...
Mil vezes irei destacar, mas todas as vezes com um verdadeiro sentir...Sinto Clarice, na sua escrita!

Abraçãoo minha amiga!
Gê!

Rafael Castellar das Neves disse...

É uma grande e difícil luta, Ju...e não dá para evitar...talvez isso tempere um pouco a vida, como vc disse em relação aos sentimentos.

[]s