"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

29.7.11

Ponto de Luz


Disse aos céus: As estrelas vêem?
Brilham por esse contorno negro
Debruçando sobre as minhas razões
Que nem sequer podem dizer

O silêncio da noite avisa:
Não se há gritos, choros, sorrisos
Apenas uma enluarada escuridão
Que pulsa dentro, fora, bem perto

Abraça essa terra árida, ventosa
Sem receio de o dia desabar logo
Mesmo com essa nítida impressão
Os passos ainda se formam incertos

É hora de dizer que voltará amanhã
A esse sentimento que sensivelmente
Atinge a retina, como se não quisesse escapar
Como se pudesse para sempre ali ficar..

Palavras em vão

Nenhum comentário: