"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

25.9.11

Coração Livre



Nos entregamos a emoção
Braços abertos, coração amarrotado
Frente a novas perspectivas
A novas formas de encarar a vida


Fases, evidências, sofrer
Se tivéssemos um sensor
Que avisasse:
É preciso se ater!


Nos lançamos, sutis, leves
E encarceramos sonhos
Nos rendemos aos dias
Pura cegueira ou fantasia?


Deixamos  forças, nosso interior
E doamos
O melhor
Para não ser um dia, como é!


Palavras em vão

3 comentários:

She disse...

Gostei demais! ;)
Beijo, beijo!
She

Déya disse...

Que saudade daqui.
E coisa mais linda.
Te leio e me emociono ..

"PARA NÃO SER UM DIA COMO É"

beijo moça do coração abençoado...

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Nos entregamos sem pensar no depois, porque não queremos que acabe nunca...

Beijo!